Sociologia, universidade e política / Sociology, university and politics

maria alice rezende de carvalho

Resumo


Este artigo fez parte do colóquio “A Sociologia Brasileira: contrafogos”, organizado pela SBS no âmbito do 43º Encontro Anual da ANPOCS. Discute a feição assumida pela sociologia nas democracias contemporâneas; sobre a universidade, entendida como rede material de atores e recursos, capaz de alcançar e articular públicos muito diversos; e sobre as mediações sociotécnicas como dispositivo de organização e autonomização social.

Abstract

This article was part of the colloquium “A Sociologia Brasileira: contrafogos”, organized by SBS as part of the 43rd Annual Meeting of ANPOCS. It discusses the aspect assumed by sociology in contemporary democracies; about the university, understood as a material network of actors and resources, capable of reaching and articulating very diverse audiences; and on socio-technical mediations as a device for organization and social autonomy.


Texto completo:

PDF

Referências


Arruda, Maria Arminda N. (2001). Metrópole e cultura. São Paulo no meio século XX. São Paulo: Edusc.

Bourdieu, Pierre. (2005). Esboço de autoanálise, São Paulo: Companhia das Letras.

Bourdieu, Pierre. (2004). Os usos sociais da ciência: por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: Unesp.

Caria, Telmo H. (2007). História, reforma e lucidez em ciência: a reflexividade científica segundo Pierre Bourdieu. Revista Crítica de Ciências Sociais, 79, 133-149. https://doi.org/10.4000/rccs.733

Carvalho, Ana Paula. (2016). Estatuto da Cidade e juridificação da reforma urbana no Brasil. Rio de Janeiro: Contracapa.

Carvalho, Maria Alice R. de. (2007). Temas sobe a organização dos intelectuais no Brasil. RBCS, 22 (65), 17-31. https://doi.org/10.1590/S0102-69092007000300003.

Carvalho, Maria Alice R. de, & Burgos, Marcelo B. (2013). Diagnóstico social para intervenções urbanas: o que é? por que fazer?”. In Ceça Guimaraens, & Pedro da L.Moreira (eds.) Cidade integrada III – Reflexões sobre diagnóstico social. Rio de Janeiro: IAB.

Fernandes, Luís Manuel. (2020, 7 janeiro). Ciência, tecnologia e inovação: a ‘operação desmonte’ e seus resistentes. Disponível em: https://www.nexojornal.com.br/ensaio/2020/cienciaesaude

Goffman, Erving. (2019). A ordem da interação: discurso presidencial da American Sociological Association, 1982. Dilemas – Revista de Estudos de Conflitos e Controle Social, 12(3), 571-603.

Ingold, Tim. (2000). The perception of environment: essays. London: Routledge.

Kuhn, Thomas S. (1998). A estrutura das revoluções científicas. 5ª Ed. São Paulo: Perspectiva.

Miceli, Sérgio. (2005). A emoção raciocinada. [Introdução] In Pierre Bourdieu. Esboço de autoanálise. Trad. Sergio Miceli. São Paulo: Companhia das Letras.

Nisbet, Robert A. (1970). Sociology as an art form. In Roberto Nisbet. Tradition and revolt. Historical and sociological essays (pp. 143-162). New York: Vintage Books.

Nunes, João Arriscado. (2000). Públicos, mediações e construções situadas da ciência. In Maria Eduarda Gonçalves (org.) Cultura científica e participação pública (pp. 81-100). Oeiras: Celta.

Palácios, Manuel. (1992). Ciência e vida pública. Presença – Revista de Política e Cultura, 17.

Redes da Maré. Site institucional. https://www.redesdamare.org.br/br/quemsomos/apresentacao

Schwartzman, Simon. (1994). O futuro do ensino superior no Brasil. In Vanilda Paiva, &e Mirian J. Warde (orgs.). Dilemas do ensino superior na América Latina (pp. 143-178). Campinas: Papirus.

Schwartzman, Simon. (1988). Brasil: opportunity and crisis in Higher Education. Higher Education, 17(1), 99-119.

Schwartzman, Simon. (1987). Universidade e ciência observadas por Ben-David. Ciência Hoje, 7(37), 68.

Shinn, Terry, & Ragouet, Pascal. (2008). Controvérsias sobre a ciência. São Paulo: Editora 34.

Soares, Luiz Eduardo. (2019). O Brasil e seu duplo. São Paulo: Todavia.




DOI: http://dx.doi.org/10.20336/rbs.620

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Maria Alice Rezende de Carvalho

ISSN Impresso: 2317-8507

ISSN Eletrônico: 2318-0544


Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons 4.

Indexado por:

 Hispanic American Periodicals Index

INDEX h5 

h5-index 8  /  h5-median 13