Biografias necessárias: vida e lida de adolescentes com trajetória infracional em Belo Horizonte

Cynthia Maria Santos Águido, Rita de Cássia Fazzi

Resumo


O artigo apresenta resultados preliminares de pesquisa realizada com adolescentes autores de ato infracional em cumprimento da medida socioeducativa de semiliberdade em Belo Horizonte. A partir da abordagem do curso de vida e da metodologia de narrativas biográficas, buscou-se compreender as sequências do ingresso e permanência de dois adolescentes em suas trajetórias infracionais, abordando a infância, interações sociais, adesão à prática infracional e aprofundamento do envolvimento no “mundo do crime”. Apesar das especificidades e particularidades de cada trajetória e da forma única como os sujeitos constroem sua identidade ao longo de suas vivências e interações sociais, foi possível identificar semelhanças nas biografias narradas pelos adolescentes sujeitos da pesquisa.


Texto completo:

PDF

Referências


BENSON, Michael L. Crime and the life course: an introduction. 2nd ed. New York: Routledge, 2013.

BERGER, Peter L.; LUCKMANN, Thomas. A construção social da realidade: tratado de sociologia do conhecimento. 36 Ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2014.

BRASIL. Estatuto da criança e do adolescente (1990). Lei nº 8.069 de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da criança e do adolescente e dá outras providências. 1990.

BUGNON, Géraldine; DUPREZ, Dominique. Olhares cruzados sobre o atendimento institucional aos adolescentes infratores no Brasil. In: Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, Vol. 3, nº 7, Jan/Fev/Mar 2010, p. 143-179.

CECHETTO, Fátima Regina. Violência e estilos de masculinidade. Rio de Janeiro: FGV, 2004.

FELTRAN, Gabriel de Santis. Fronteiras de tensão: um estudo sobre política e violência nas periferias de São Paulo. (Tese de Doutorado). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), 2008.

________. Irmãos: uma história do PCC. 1ª Ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

LYRA, Diogo. A república dos meninos: juventude, tráfico e virtude. Rio de Janeiro: Mauad Editora Ltda e FAPERJ, 2013.

MALVASI, Paulo Artur. Interfaces da vida loka: um estudo sobre jovens, tráfico de drogas e violência em São Paulo. (Tese de Doutorado). Universidade de São Paulo (USP), 2012.

________. A “mente” e o homicídio: a gestão da violência no tráfico de drogas em São Paulo. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, Vol. 6, nº 4, Out/Nov/Dez 2013, p. 675-698

MINAS GERAIS. Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional. Relatório Estatístico 2017. Belo Horizonte: Vara Infracional da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais. 2018.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Defesa Social. Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas. Regimento único das unidades de execução da medida socioeducativa de semiliberdade. 2015.

ROSENTHAL, Gabriele. História de vida vivenciada e história de vida narrada: a interrelação entre experiência, recordar e narrar. In: Civitas, Porto Alegre, v. 14, n. 2, maio-ago2014, p.227-249.

________.História de vida vivenciada e história de vida narrada: Gestalt e estrutura de autoapresentações biográficas. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2017.

SANTOS, Hermílio. Adolescentes infratores e interpretações do mundo da vida: alteridade e relações de gênero. Comunicação apresentada no XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. Rio de Janeiro, 2009.

________. Ação e relevância em narrativas de adolescentes autoras de atos infracionais. Contemporânea, v. 2, n. 2, p. 489-512, 2012.

SANTOS, Hermílio; OLIVEIRA, Patricia; SUSIN, Priscila. Narrativas e pesquisa biográfica na sociologia brasileira – revisão e perspectivas. In: Civitas, Porto Alegre, v. 14, n. 2, maio-ago.,2014, p. 359-382.

ZALUAR, Alba. A máquina e a revolta. São Paulo: Brasiliense, 1985.

________. Democratização inacabada: fracasso da segurança pública. In: Estudos Avançados, São Paulo, v. 21, n. 61, 2007, p. 31-49.

________. Etos guerreiro e criminalidade violenta. In: LIMA; RATTON; AZEVEDO (Orgs.). Crime, Polícia e Justiça no Brasil. São Paulo: Contexto, 2014, p. 35-50.




DOI: http://dx.doi.org/10.20336/rbs.515

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Brasileira de Sociologia - RBS

ISSN Impresso: 2317-8507

ISSN Eletrônico: 2318-0544


Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 

Indexado por:

 Hispanic American Periodicals Index

INDEX h5 

h5-index 8  /  h5-median 10