A área de Sociologia e os desafios de seus Programas modais: análises do último biênio |The area of sociology and the challenges of its modal programs: analysis of the last biennium

Fernando Tavares Júnior, Tarcilia Edna Fernandes do Nascimento, Bianca Souza Bernardino, Lucas Loureiro Leite

Resumo


A expansão dos Programas de Pós-Graduação (PPGs) no Brasil, em especial da Área de Sociologia, trouxe consigo oportunidades e desafios, referentes ao atendimento dos parâmetros de qualidade e avaliação. Investigam-se as transformações no último biênio (metade do atual ciclo avaliativo) em PPGs da Área de Sociologia que receberam, da Comissão de Avaliação, recomendações de ajustes no último Ciclo Quadrienal. Reflete-se sobre a influência dos processos avaliativos sobre os PPGs, especialmente mais periféricos que, em hipótese, teriam mais dificuldade em atender demandas sistêmicas. A partir de dados públicos disponibilizados em diferentes Plataformas (ie. Sucupira, Lattes) e informações dos próprios PPGs, analisam-se suas reações à avaliação na promoção de mudanças (ou não) em alinhamento às recomendações expressas em suas Fichas de Avaliação. Observam-se reações positivas, mas muito discretas, o que sinaliza limites para seu desenvolvimento.


Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Sérgio; RAMALHO, José Ricardo. (2018), “A pós-graduação em sociologia e a experiência de avaliação da CAPES”. Revista Brasileira de Sociologia, v. 6, n. 13, pp. 27-57.

BARREIRA, Irlys; CÔRTES, Soraya; LIMA, Jacob Carlos. (2018), “A sociologia fora do eixo: diversidades regionais e campo da pós-graduação no Brasil”. Revista Brasileira de Sociologia, v. 6, n.13, pp. 76-103.

CAPES. (2001), Boletim informativo da CAPES. Pós-graduação: enfrentando novos desafios. Boletim Informativo. Brasília: CAPES, v. 9, n. 2 e 3, pp. 7-14. Disponível em: Acesso em: 09 nov. 2018.

CAPES. (2010), Plano nacional de pós-graduação (PNPG) 2011-2020. Online. Disponível em: . Acesso em: 09 nov. 2018.

CAPES. (2016), Documento de Área 2016. Área de Avaliação: Sociologia. Online. Disponível em: http://www.capes.gov.br/component/content/article/44-avaliacao/4684--sociologia. Acesso em: 29 nov. 2018.

DWYER, Tom; DE OLIVEIRA BARBOSA, Maria Ligia; FRAGA, Eugenia. (2013), “Esboço de uma morfologia da sociologia brasileira: perfil, recrutamento, produção e ideologia”. Revista Brasileira de Sociologia, v. 1, n. 2, pp. 147-178.

DYE, Thomas R. (2013), Understanding public policy. 14. ed. Boston: Pearson.

LIMA, João Carlos; CÔRTES, Soraya Maria Vargas. (2013), “A sociologia no Brasil e a interdisciplinaridade nas ciências sociais”. Civitas, v. 13 n. 2, pp. 416-435.

MAGRONE, Eduardo; TAVARES JÚNIOR, Fernando. (2014), “A ‘accountability’ como fator de instabilidade do pacto educacional brasileiro”. Educação em Foco, v. 36015, pp. 13-50.

MARTINS, Carlos Benedito. (2018), “As origens da pós-graduação nacional (1960-1980)”. Revista Brasileira de Sociologia, v. 6, n. 13, pp. 9-26.

MELO, Marina; BERNARDO, Ana Cláudia; GOMES, Selefe. (2018), “As teses da área de Sociologia no Brasil: padrões de inflexões temáticas e metodológicas”. Revista Brasileira de Sociologia, v. 6, n. 13, pp. 58-75.

NEVES, Clarissa Eckert Beata; CAVALCANTI, Josefa Salete Barbosa. (2018), “A pós-graduação em Sociologia no Brasil: conquistas e desafios em tempos de globalização”. Revista Brasileira de Sociologia, v. 6, n. 13, pp. 104-121.

SCALON, Celi; MISKOLCI, Richard. (2018), “Internacionalização: balanço e desafios para a sociologia brasileira”. Revista Brasileira de Sociologia, v. 6, n. 12, pp. 122-135.




DOI: http://dx.doi.org/10.20336/rbs.407

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN Impresso: 2317-8507

ISSN Eletrônico: 2318-0544


Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 

Indexado por:

 Hispanic American Periodicals Index

INDEX h5 

h5-index 7  /  h5-median 13