O estado da arte e a agenda de pesquisa em economia solidária no Brasil

Adriane Vieira Ferrarini, Luiz Inácio Gaiger, Valmor Schiochet

Resumo


A profusão de empreendimentos econômicos solidários no Brasil  ensejou expressi- vos debates acadêmicos e justificou a criação de um Grupo de Trabalho (GT) intitula- do Economia social e solidária:  alternativas de trabalho,  participação e mobilização coletiva no  Congresso Brasileiro de  Sociologia. O presente texto  visa  apresentar o estado da arte da economia solidária e prospectar a agenda de pesquisa sobre o tema. Para tanto, inicialmente se situará a emergência e as características da economia so- lidária. Posteriormente, será discutida a integração da economia solidária ao campo acadêmico e sua  constituição como  objeto  científico. Por  fim,  serão  abordados os trabalhos do GT e sua contribuição ao tema  e à sociologia brasileira, concluindo com a agenda de pesquisa que  se delineia para  os estudos sobre  a economia solidária e práticas sociais  emergentes.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20336/rbs.238

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Sociologia - RBS

ISSN Impresso: 2317-8507

ISSN Eletrônico: 2318-0544


Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons 4.

Indexado por:

 Hispanic American Periodicals Index

INDEX h5 

h5-index 8  /  h5-median 13