Males privados, sociologia pública: o legado de Wright Mills

Gabriel Cohn

Resumo


O Artesanato Intelectual era a bandeira brandida por Mills em defesa de uma ciência social capaz de enfrentar aquilo que um autor que ele conhecia muito bem designava como “o semblante severo da época” sem cair nas perversões burocráticas, tecnocráticas e teorocráticas (se me permitem o deselegante neologismo) às quais oferecia combate. Artesanato, contudo, não é trabalho solitário. Sua marca não é o isolamento e sim a individualidade formada no exercício cuidadoso da criatividade. Cuidadoso, neste contexto, refere-se não apenas ao esmero na execução da obra, na craftmanship tanto prezada por Mills, mas também ao desvelo na atenção ao objeto, que não pode ser negligenciado em nome de alguma forma de narcisismo acadêmico.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20336/rbs.22

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Sociologia - RBS

ISSN Impresso: 2317-8507

ISSN Eletrônico: 2318-0544


Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons 4.

Indexado por:

 Hispanic American Periodicals Index

INDEX h5 

h5-index 8  /  h5-median 13