Teorias distributivas e a desigualdade no Brasil

Róber Iturriet Avila, João Batista Santos Conceição

Resumo


Esse artigo resgata o debate teórico acerca da distribuição, o qual está disperso na literatura econômica. Adicionalmente, averigua as mudanças recentes na distribuição pessoal da renda no Brasil desde 1995, a partir da segmentação por decis, com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). O trabalho se baseia também em dados das declarações de imposto de renda divulgados pela Receita Federal do Brasil. Com base nos argumentos teóricos que sustentam que o sistema tributário tem capacidade de alterar desigualdades distributivas, o artigo expõe uma comparação da estruturação tributária brasileira com países selecionados.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20336/rbs.149

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Sociologia - RBS

ISSN Impresso: 2317-8507

ISSN Eletrônico: 2318-0544


Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 

Indexado por:

 Hispanic American Periodicals Index

INDEX h5 

h5-index 8  /  h5-median 10