: Edital No. 01/2020 – Chamada Universal

 

  1. Objetivo:
     
    Este edital tem como objetivo a convocação de pesquisadores da área de Sociologia, Ciências Sociais e afins para o encaminhamento de artigos, individuais, ou em coautoria, para o número Dossiê Fronteiras dos Movimentos Sociais: contramovimentos, repressão e cultura, com publicação prevista para fins de setembro de 2020.

 

 

  1. O Dossiê será organizado pelos professores doutores:
     
    José Eduardo Leon Szwako (Iesp-Uerj)
    Matheus Mazzilli Pereira (UVV)
    Monika Dowbor (Unisinos)

 

 

  1. 3.                  O Dossiê

 
Este dossiê busca discutir as dinâmicas da ação coletiva e da conflitualidade política a partir de um enfoque nas relações entre os movimentos sociais e as reações de contramovimentos, da repressão política e da emergência dos chamados “coletivos” na contemporaneidade. Nos últimos anos, têm sido múltiplos, contraditórios e ambíguos os sentidos e efeitos das mobilizações. Por um lado, ativismos conservadores mobilizados em oposição a movimentos progressistas têm se tornado fenômenos recorrentes, visíveis e influentes na realidade política brasileira, mas não só nela. Por outro, a emergência dos chamados “coletivos” recoloca, em nova chave, a questão da cultura, das subjetividades e das artes na agenda de pesquisa. Neste período, também foram desenvolvidas novas tecnologias e estratégias de repressão ao ativismo político em um cenário marcado pela realização de megaeventos esportivos e pelo crescimento do conservadorismo nas instituições políticas. Frente aos desafios analíticos impostos por esta realidade em transformação, este dossiê pretende reunir trabalhos que permitam alargar as fronteiras de debate ao redor dos movimentos sociais, seja com maior ênfase em contramovimentos, movimentos culturais e repressão política ou com ênfase nas relações e aproximações entre eles.


4.  Cronograma

Lançamento do edital
21/01/2020

Data limite de submissão de artigos
21/06/2020

Divulgação dos resultados dos pareceristas cegos (prevista)
Até 30/07/2020

Definição final dos artigos aprovados

Até 30/08/2020

 

Publicação em versão eletrônica (prevista)
30/09/2020
 

5. Regras de Submissão


Como parte do processo de submissão, os autores devem verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos/às autores/as.

i. Os artigos submetidos devem contemplar a temática do Dossiê, de modo a assegurar as interlocuções necessárias à forma como o dossiê se define.

ii. Os artigos submetidos devem ser submetidos pela plataforma da RBS, devem ser inéditos e devem assim permanecer durante a avaliação.

iii. Os artigos devem ser redigidos em uma das 3(três) línguas: português, espanhol, inglês.

 

iv. Os artigos não devem ultrapassar 50 mil caracteres com espaço 1,5.

 

v. O artigo deve ter resumo e abstract até 900 caracteres com espaço simples e 3 (três) palavras-chaves e keywords.

 

vi. Deve acompanhar, em arquivo separado, nome completo do(s) autores(s), titulação, vínculo institucional, e.mail, contato telefônico

(preferencialmente com zap,endereço).

vii. As remissões bibliográficas no corpo do texto ou referências após citações a autores devem seguir a forma (Autor, data) ou (Autor, data, página), como nos exemplos: (MILLS, 1960) ou (BENJAMIM, 1987, p. 205). Se houver mais de um título do mesmo autor no mesmo ano, eles são diferenciados por uma letra após a data: SIMMEL, 1965a), (SIMMEL, 1965b) etc.

viii. A RBS apoia os esforços relativos à visibilidade das mulheres na produção acadêmica. Assim, as referências bibliográficas ao final do artigo devem conter o prenome das autoras e dos autores, não apenas suas iniciais, como se segue:

Livros:

LI, Peilin; SCALON, Celi; GORSHOKOV, Mikhail K.; SHARMA, Kumar (2013), Handbook on Social Stratification in the BRIC Countries: Change and Perspective. 1. ed. Cingapura/ Londres/New Jersey: World Scientific.

Artigos:

TOLBERT,Pamela S. (1986), “Organizations and inequality: Sources of earnings differences between male and female faculty”. American Sociological Review n. 59, pp. 227–235.

Coletâneas:

INGRAM, Helen; SCHNEIDER, Anne I.; DELEON, Peter. (2007), “Social construction and policy design”. In: SABATIER, Paul A. (org.). Theories of the policy process. Cambridge, MA: Westview Press.

Teses Acadêmicas:

FORTUNA, Carlos. (1988), Threading Through: Cotton Production, Colonial Mozambique and Semiperipheral Portugal in the World-Economy. Tese de Doutorado. State University of New York – Binghamton.

6. Processo de Avaliação dos Artigos

Todos os artigos serão avaliados através de um sistema composto por 4 (quatro) fases, nesta ordem:

1.    Enquadramento temático ao Dossiê, pelos organizadores;
2.    Adequação ao perfil da Revista, pelos Editores;
3.    Análise de mérito, mediante revisão às cegas por 2 ou 3 pareceristas (ver os detalhes das normas de avaliação em:http://www.sbsociologia.com.br/rbsociologia/index.php/rbs/about/submissions#authorGuidelines
4. A submissão dos artigos ao presente Edital expressa a concordância dos seus respectivos autores na cessão dos direitos autorais à Revista Brasileira de Sociologia.

São Carlos, de janeiro de 2020.  

Jacob Carlos Lima, UFSCar
Coordenação Editorial

Renan Springer de Freitas, UFMG
Adelia Miglievich-Ribeiro, UFES
Editores

Mariana Miggiolaro Chaguri, UNICAMP
Bráulio Figueiredo Alves da Silva, UFMG
Marcelo Alario Ennes, UFS
Editores Adjuntos