05/11/2017

NOTA DA SBS DE APOIO à VINDA DE JUDITH BUTLER AO BRASIL E DEFESA DA LIBERDADE ACADêMICA

 

Judith Butler,, Professora na Universidade da Califórnia – Berkeley – na qual leciona no Departamento de Literatura Comparada e no Programa de Teoria Crítica, é uma das convidadas do colóquio Os fins da democracia - Estratégias Populistas, Ceticismo sobre a Democracia e a Busca por Soberania Popular, atividade conjunta entre a Universidade de Berkeley e a Universidade de São Paulo.

Este Evento conta com as participações de outros acadêmicos de diferentes países, como Humboldt Universität, Boğaziçi University, Université de Paris VII, Universidade de Buenos Aires etc.

A Professora Judith Butler realiza um trabalho intelectual cujas condições institucionais básicas repousam na liberdade de pensamento e possibilidade de crítica, requisitos básicos para a existência da vida acadêmica, que se encontram presentes em universidades em vários países.

Após uma árdua luta em prol da liberdade de pensamento - travada pela comunidade científica nacional, diante das restrições de pensamento existentes durante a ditadura militar - as universidades brasileiras reconquistaram sua autonomia intelectual que se encontra consagrada na Constituição Federal.

No entanto, o preceito Constitucional que assegura a liberdade de ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber e que garante o pluralismo de ideias, encontra-se ameaçado diante de grupos que pretendem impedir a vinda da Professora Judith Butler ao Brasil, e de impedir sua presença na realização do Seminário Os fins da democracia - Estratégias Populistas, Ceticismo sobre a Democracia e a Busca por Soberania Popular.

Lamentavelmente, esta iniciativa de cercear a participação da Professora Judith Butler numa atividade acadêmica não constitui um ato isolado que vem ocorrendo nos dias atuais na sociedade brasileira. Ao contrário, presenciamos com profunda preocupação, a tentativa de se constranger a livre circulação de diversas manifestações culturais, artísticas e de pensamento no espaço público, provenientes, seja por orientações religiosas e/ou politicas.

Ao longo das últimas décadas com muito esforço e perseverança, o Brasil, construiu uma sólida comunidade científica, propiciado pela liberdade de ensinar, pesquisar e divulgar livremente os resultados dos conhecimentos produzidos. Em função da autonomia intelectual existente em suas universidades e instituições de pesquisa, o país usufrui atualmente um elevado prestígio acadêmico no contexto internacional.

A conquista da autonomia intelectual existente nas instituições de ensino e pesquisa no país deve ser preservada e não pode retroceder em função de ameaças e pressões de grupos obscurantistas, que buscam coibir a livre produção e circulação de ideias.

A Sociedade Brasileira de Sociologia vem juntar-se Anpocs, e outras Associações Científicas, para expressar o apoio integral à vinda da Professor Judith Butler ao país, em nome da preservação dos princípios de liberdade acadêmica, assegurado pela Constituição Brasileira.



REVISTA BRASILEIRA DE SOCIOLOGIA

O principal foco da Revista é a produção acadêmica e cientifica acerca da realidade brasileira e mundial contemporâneas.

Leia mais


Sociologies in Dialogue

Sociologies in Dialogue is a semiannual publication of the Brazilian Sociological Society focused on presenting unpublished articles in the field of Sociology

Leia mais




programas de pós-graduação

12/10

Concurso para Professor na Universidade Federal do Maranhão

01/10

Processo Seletivo Programa de Pós-Graduação em Sociologia 2015/20...

03/07

IX Jornada de Alunos PPGA/UFF 2015.




SECRETARIA GERAL

SBS - Sociedade Brasileira de Sociologia
PUCRS - PPG em Ciências Sociais
Avenida Ipiranga, 6681 - Partenon
CEP: 90619-900 - Porto Alegre, RS
secretaria@sbsociologia.com.br

SIGA NAS REDES SOCIAIS


Desenvolvido por Master Tecnologia